E eu que desejava o martírio, é possível que morra em um leito!
Boa Tarde! São José dos Campos, quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Avisos Paroquiais
Receba nosso informativo diretamente em seu e-mail.
Qual a importância dos gestos dos fiéis nas celebrações?


15/07/2012

Os gestos são importantes na liturgia, pois ela introduz as pessoas na comunhão com o mistério, através de uma linguagem mais intuitiva e afetiva, poética e gratuita, para levá-las a experimentá-lo, mais do que entendê-lo. Por meio dos gestos a pessoa inteira participa da celebração litúrgica e entra em contato com o divino.
A maior parte dos gestos que usamos na liturgia é herdada da revelação ou da tradição mais antiga da Igreja, que os tomou da própria vida. Há gestos vinculados ao corpo humano, como por exemplo, as posturas do corpo (estar de pé, ajoelhar-se, sentar-se ou prostrar-se) que contribuem tanto para que se manifeste determinada atitude interior (prontidão, reverência, humildade, súplica, atenção, entrega), quanto para que se possa senti-la em maior profundidade.
Há outros gestos relacionados com coisas materiais das quais nos servimos para expressar o que os olhos, as mãos ou as palavras não podem dizer bem. Por exemplo: imersão na água, unção com óleo, aspersão de água.
Os gestos chegam, muitas vezes, onde as palavras não conseguem chegar.
Para cumprir sua função os gestos devem estar sintonizados com o sentido da liturgia, nascer da interioridade de quem celebra e promover a comunhão entre os celebrantes. Portanto, não é qualquer gesto que serve, não deve ser feito apenas por alguns, nem de maneira mecânica e impositiva.


Pe. Edinei Evaldo Batista
Administrador Paroquial

 

Voltar

 
| Política de privacidade © 2010 Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus. Todos os direitos reservados.